Dicas Defina seu público-alvo e aumente a taxa de conversão

Defina seu público-alvo e aumente a taxa de conversão

Por Aline Truchetti em 5 de novembro de 2019

Você sabe o que é e como definir um público-alvo? Produzimos este artigo para tirar todas as suas dúvidas. Aprenda exatamente como segmentar o público certo para o seu e-commerce, dessa forma você terá um negócio de sucesso e lucratividade.

Aqueles que pretendem abrir um negócio precisam saber que para chegar ao topo é necessário subir a escadaria!

Um degrau de cada vez, é assim que podemos definir a trajetória de um e-commerce.

Por esta razão, é de extrema importância analisar todos os parâmetros de cada segmento para que as chances de acerto sejam ainda maiores.

Quer saber mais? Continue a leitura e aprenda passo a passo como identificar seu público-alvo.

O que é público-alvo?

O público-alvo é composto por pessoas que possuem características e interesses semelhantes. É para esse grupo de pessoas que você deve direcionar todas as suas estratégias de marketing.

Mas afinal, o que essas pessoas podem ter em comum? São diversas categorias como: idade, sexo, poder aquisitivo, classe social, localidade e muitos outros. Todos esses atributos podem ser usados para criar o perfil ideal dos seus consumidores.

Vamos exemplificar: homens, maiores de 18 anos, renda mínima de R$2.500 e que gostem de motos velozes.

Essa é a definição de um público-alvo voltado para concessionárias de motos que oferecem modelos de alta cilindrada.

Viu como não precisa ser algo complicado? Basta levantar informações que sejam úteis para o seu negócio, assim você terá uma base sólida para direcionar suas estratégias.

Quer definir e conhecer seu público? Nos próximos tópicos te ajudaremos a cumprir essa tarefa!

Público-alvo x Persona

Algumas pessoas confundem público-alvo com persona e outras acreditam que sejam a mesma coisa, mas não é bem assim.

Leia este exemplo: imagine que você seja proprietário da concessionária de motos citada acima. O Jorge chega até você, ele tem 45 anos, casado, possui uma loja de materiais para construção e gosta de andar de moto aos finais de semana.

Esse perfil se encaixa perfeitamente com seu público-alvo e sua loja conta com uma grande variedade de modelos de motos para apresentar a ele.

E se nós fizermos algumas modificações? Vamos usar este mesmo cenário preenchendo algumas lacunas: Jorge tem 45 anos, passou por uma cirurgia no joelho e ainda sente um pouco de desconforto. Ele e a esposa gostam de viajar de moto, conhecer novos lugares e curtir paisagens.

Percebeu a diferença? Neste caso você tem a descrição de uma persona.

Considerando todos esses detalhes reconhecemos que oferecer ao Jorge um modelo esportivo pode não ser uma boa opção. Neste caso, a custom é a melhor alternativa, já que é apropriada para passeios longos, acomoda bagageiros e proporciona muito mais conforto.

Compreende-se que as características para definir uma persona são particulares e para o público-alvo são mais abrangentes. Veja no exemplo abaixo:

Diferença público alvo e persona
Observe o primeiro quadro: Jorge faz parte de um determinado público-alvo, com informações básicas ( idade, poder aquisitivo, estado civil). Na segunda imagem descrevemos Jorge como uma persona, já que foram adicionadas algumas características pessoais

Leia o conteúdo completo sobre persona aqui!

Por que é importante definir um público-alvo?

Determinar um público-alvo vai te ajudar a estabelecer qual caminho seguir para que você conquiste os compradores certos, o que resultará em otimização de tempo e economia de dinheiro.

Com um público definido fica muito mais fácil saber quais estratégias de marketing usar, gerando também um controle de gastos, já que neste momento você terá certeza no que e como investir.

O consumidor está cada dia mais específico e não pode ser tratado genericamente, ou seja, definindo seu público você consegue atender as particularidades de cada um, aumentando as chances de assegurar a satisfação do cliente.

Como definir um público-alvo?

Se você chegou até aqui, notou que para reunir todos esses dados serão necessárias algumas pesquisas.

Através da criação de pequenas enquetes você poderá obter informações úteis. Faça algumas perguntas simples para que as pessoas respondam marcando um X ou Sim/Não, nada muito extenso para que o usuário não desista no meio do caminho.

As pesquisas podem ser digitais ou impressas, essa escolha vai depender do seu negócio. Confira algumas dicas:

Pelo Google Forms é possível criar formulários digitais para coletar diversas informações.

Use as redes sociais! São mídias gratuitas e que concentram um grande número de pessoas. Você pode criar uma página para a sua loja e a partir daí interagir com as pessoas que demonstrarem interesse.

O Google Trends nos permite ficar por dentro de tudo que está em alta. Com essa ferramenta é possível saber quais são os termos mais pesquisados na internet. Assim, você saberá quais palavras utilizar para atingir seu público-alvo, além de ajudar a encontrar pessoas que possam ter interesse no que você vende, possibilitando a oportunidade de transformá-las em possíveis clientes.

Conclusão

Dessa forma, podemos concluir que segmentar possíveis consumidores vai gerar ganhos e evitar frustrações. Usar essa técnica garante a saúde do seu negócio, além de potencializar suas vendas.

Se você deseja ser um case de sucesso, já compreendeu que pular etapas não é uma boa opção. Estruture e alinhe todos os pontos do seu negócio, assim o retorno será certo.

Agora que você já sabe tudo sobre público-alvo chegou a hora de dar início aos trabalhos. Siga todas as nossas orientações e você terá um histórico de conquistas.

Comente, sugira e participe: