E-commerce Formas de envio ou pontos de retirada: acerte em cheio na entrega do produto

Formas de envio ou pontos de retirada: acerte em cheio na entrega do produto

Por Aline Truchetti em 20 de fevereiro de 2020

Compras on-line já fazem parte da rotina do consumidor, porém, o frete ainda é uma questão que deve ser revista pelos lojistas constantemente. A seguir, conheça os principais meios de entrega para saber qual deles se encaixa melhor no seu negócio.

Contar com os melhores e mais viáveis meios de entrega, com certeza, renderá ótimos resultados.

E como afirmar isso?

No Brasil, o número de carrinho abandonados ainda é muito alto, se comparado a outros países e um dos principais motivos que levam o consumidor a desistir da compra são os preços excessivos de frete.

Afinal, imagine colocar o produto no carrinho e o frete se igualar ou ultrapassar seu valor.

Seria uma situação desanimadora, concorda?

Além disso, para gerar boas avaliações é essencial que a experiência de compra seja positiva do começo ao fim, desde o primeiro contato com a loja até a entrega do produto.

Existem diversos fatores que interferem nesta missão, por isso, o comerciante deve cuidar minunciosamente de todas as fases que envolvem a entrega, desde o cálculo até as condições de transporte.

Portanto, é fundamental que o lojista procure por opções plausíveis de frete ou disponibilize pontos de retirada.

Mesmo não sendo uma tarefa tão simples, é totalmente possível chegar lá e nós vamos explicar como, acompanhe!

Tipos de formas de envio

De acordo com o relatório divulgado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, dentro de tudo que envolve a logística do e-commerce, o frete é responsável pela maior parte das despesas.

Isso acontece tanto pela frequência em que a tabela do Correios sofre reajuste, quanto nos custos diretos das transportadoras.

Abaixo você conhecerá melhor cada um deles. Faça uma análise e escolha aquele que atenda às necessidades do seu público.

Correios

Apesar de ser uma predominante forma de envio, o Correios, sofreu uma queda de 7,2% em comparação a 2018, segundo relatório NuvemCommerce.

Todavia, seu nome permanece intacto, graças aos seus anos de atuação.

Desse modo, o lojista pode usar essa credibilidade a seu favor.

Como assim?

Por se tratar de uma das empresas brasileiras de entrega mais antigas, estando no mercado há mais de 50 anos, ela é reconhecida de longe por qualquer consumidor.

Com essa opção, o cliente passa a sentir mais confiança em efetuar a compra, já que a encomenda chegará, de fato, até ele.

Além disso, o Correios fornece o número de rastreio, algo muito valorizado pelo consumidor, já que ele poderá saber exatamente onde seu produto está.

Em relação à segurança, o lojista pode optar por um plano de seguro contra danos e outras questões que provoquem dores de cabeça e prejuízos.

E no caso de imprevistos, o Correios conta com mais de 6 mil pontos de atendimento, ou seja, não será difícil encontrá-lo.

Desvantagens

Infelizmente, nem tudo é perfeito, após encerrar as atividades do e-Sedex, uma opção exclusiva para e-commerces, a um preço acessível e prazos de entrega rápidos, as lojas migraram para o Sedex.

Porém, o gasto com esse serviço, tornou o PAC uma algo mais realista, onde o prazo é mais longo, mas seu custo, muitas vezes, cai pela metade.

Também é comum vermos constantes reclamações quanto a atrasos, extravios e como citamos, aumento de tarifas.

Logo, com a evolução, surgiram novos prestadores de serviços e o Correios deixou de ser absoluto, abrindo espaço para outras empresas.

Falaremos delas a seguir, prossiga!

Transportadoras

Estamos vivendo a evolução do mercado eletrônico e presenciando o surgimento de diversas empresas que passaram a operar neste ramo.

Assim, as transportadoras notaram essa oportunidade e estão facilitando a vida dos lojistas.

Como são especialistas em logística de entrega, você pode confiar o produto a esses profissionais, além do mais, algumas oferecem a entrega expressa, isso poderá despertar a atenção do cliente pela sua agilidade.

Atenção aos detalhes

Existem aspectos desse serviço que merecem sua atenção, antes mesmo da contratação, confira alguns deles:

Verifique se a empresa presta o suporte necessário, caso aconteça algo com a encomenda e se disponibilizam o número de rastreio.

Por mais que este percurso não dependa só de você, é o nome da sua loja que estará em risco, já que o consumidor depositou total confiança para finalizar a compra, por isso, é extremante importante analisar todas variáveis deste serviço.

Melhor envio

Para as empresas que possuem demanda menor de pedidos, o Melhor Envio é uma possibilidade a se pensar.

Ao firmar contratos com múltiplas transportadoras pelo grande volume de mercadorias, a empresa tem acesso a tabela especial de custos, repassando valores mais baixos aos lojistas.

O Melhor Envio, fornece ainda número de rastreio e não cobra mensalidade, ou seja, você só paga quando usar.

Contudo, você terá que consultar se a empresa integra com sua plataforma atual.

Agora que você está pode dentro do assunto, veja outros meios que podem ser colocados em prática. Continue!

Pontos de retirada

Click & collect ou pontos de retiradas, são empresas credenciadas onde o produto ficará armazenado até que o consumidor o busque. A opção é escolhida no momento do checkout, assim o consumidor escolhe o local e melhor horário para retirar a mercadoria.

Com essa opção você poderá reduzir custos relacionados a logística.

Pick up store

Esta é uma alternativa para aqueles que possuem e-commerce e loja física.

Combinando os dois canais, você permite que o cliente retire a encomenda no próprio estabelecimento, assim, ao integrar mundo on-line e off-line, o consumidor estará vivenciando uma experiência omnichannel.

Grandes marcas já adaptaram seus negócios para este serviço, como Magazine Luiza, Lojas Americanas, Casas Bahia e outras.

Pick up point

Mas, se você não possui loja física, procure por parcerias para esse trabalho, dessa forma, os produtos serão entregues em determinados locais até a retirada do consumidor.

Entretanto, para que essa prática seja eficiente e não prejudique nenhum dos lados, priorize empresas que não sejam suas concorrentes, e é claro, verifique sua idoneidade e reputação, para que todo o processo flua da melhor maneira possível.

Esta estratégia poderá ajudar ambos, pois com a movimentação de pessoas na loja, o estabelecimento poderá se beneficiar desse fluxo.

Clique e Retire

O Clique e Retire é um serviço prestado pelo Correios, que autoriza o consumidor a buscar sua encomenda em qualquer uma de suas agências, sem nenhum custo adicional, estando disponível para o PAC e SEDEX.

Funciona assim: após a mercadoria chegar na unidade de atendimento indicada, o comprador recebe um SMS informando que seu produto pode ser retirado no prazo de até 7 dias.

Uma maneira descomplicada e acessível, diante do grande número de agência espalhadas pelo país.

Se você deseja consultar a disponibilidade do serviço, basta acessar o manual do Correios Webservices.

Conclusão

Até aqui você aprendeu mais sobre as formas de envio e pontos de retirada.

Viabilizar opções seguras e prezar pela qualidade desse serviço, fará com que os consumidores avaliem bem a sua loja e voltem a comprar com você.

Sabemos que existem adversidades que podem fugir do seu alcance, porém, esses riscos se tornam menores diante de uma pesquisa profunda e completa.

Então, para garantir que tudo saia como planejado se atente aos detalhes e esteja sempre a par das inovações e atualizações dessa operação.

Comente, sugira e participe: