Acessibilidade Tecnologia na Copa do Mundo 2014

Tecnologia na Copa do Mundo 2014

Por Caroline em 11 de Março de 2014

A Copa do Mundo da FIFA no Brasil está se aproximando e o que mais vemos são empresas buscando se adaptar para receber povos de todas as partes do mundo e falantes de todas as línguas. Isto não é novidade para ninguém, pois até o Governo está investindo na capacitação de profissionais para melhor atender os turistas.

O setor de tecnologia estará atuando fortemente com projetos que visam desde a qualidade de atendimento aos turistas até o auxilio visual dentro dos gramados.

Inicialmente os jogos já contarão com sistemas de monitoramento e segurança realizado com câmeras espalhadas em cada estádio. As câmeras filmam em alta definição, permitindo o uso de zoom para facilitar o reconhecimento de torcedores e baderneiros, auxiliando a equipe de segurança e de policiais.

Outro assunto que está dando pano para manga é a concessão de 4G, onde muito foi dito e, até o momento, o resultado é quase nulo. As principais operadoras já operam com o 4G, porém em pequenas localidades ao redor dos estádios onde acontecerão os jogos da competição.

Na hora do jogo, o que entrará em pauta serão as câmeras espalhadas pelo gramado que irão monitorar o campo e acabar de vez com a polêmica do “foi impedimento ou não?”. Outro ponto interessante é o uso da Spidercam, uma câmera que filma em alta definição e 3D, transformando o telespectador no 12° jogador, levando-o para dentro do campo. Além do sistema de tecnologia da linha do gol, onde os árbitros usarão relógios de pulso que alertarão se a bola ultrapassou a linha de gol.

Pensando nos estrangeiros, uma empresa brasileira desenvolveu um aplicativo capaz de traduzir os cardápios de restaurantes. Ao pedir refeições pelo aplicativo, o freguês tem acesso à descrição do prato e do preço e pode escolher o que vai comer em seu idioma.

Comente, sugira e participe: