E-commerce O momento dos supermercados no e-commerce!

O momento dos supermercados no e-commerce!

Por Bruno Ananias em 10 de outubro de 2017

Talvez você já tenha olhado para o supermercado de sua preferência e perguntado porque não ele ainda não tem uma operação online, e as vezes nem se quer um site institucional. Como pode um segmento tão ativo estar permeando de maneira tão vagarosa por essa transição? Seria este o momento ideal para entrada dos supermercado no e-commerce?

Afinal! Quantas você você como consumidor já viu um supermercado vazio? Se isso ocorrer, pode ser que algo de muito errado está acontecendo por lá, mas essa já não é uma questão para este artigo.

O empreendedor e o digital

Para você empresário do ramo, você já imaginou quantas oportunidades pode estar perdendo por não ter uma presença digital do seu negócio? Desde a criação de um web site institucional para apresentar sua marca e as opções que seu mercado oferece, passando pela presença nas mídias sociais para interação e fidelização do público e até a criação de um e-commerce, um poderoso aliado para o seu negócio se construído embasado em estratégias e com integração dos sistemas gerenciais de seu negócio físico.

Os supermercados no e-commerce

Mesmo possuindo um dos faturamentos mais expressivos do País os supermercados ainda possuem uma baixa representatividade nas vendas online comparado a outros setores varejistas. Segundo dados da ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados), apenas 6% das maiores redes do país possuem plataformas de e-commerce.

Apesar deste setor caminhar a passos lentos, observamos a tendência forte de evolução no comércio virtual. Dentre as 20 redes de supermercados que mais cresceram, 11 delas já realizam vendas online, ou seja, mais da metade até a data em que este levantamento foi feito. Até 2023 é estimado um faturamento de R$ 48,65 bilhões apenas no e-commerce, um número bastante expressivo para o setor de supermercados. Estes dados foram divulgados pela BSO (Brasil Supermercados Online).

Quais pontos pontos preciso considerar para concretizar as operações de supermercados no e-commerce?

  • Gestão de marketing para trazer fluxo aos canais de venda
  • Gestão comercial para converter as visitas em compras
  • Gestão operacional para garantir um bom funcionamento dos processos, principalmente em logística e entrega, que estão entre os maiores desafios para o sucesso de um supermercado online.
  • Integração da plataforma de e-commerce com ERP da empresa para garantir uma centralização e maior domínio sobre os fluxos da mesma (estoque, faturamento e gestão).
  • Usabilidade total para garantira que experiência do usuário (UX) seja incrível e intuitiva.
  • Design atraente (UI), além das cores e imagens o site precisa ter um padrão convidativo que envolva seu público e deixe-o seguro para realizar as compras em seu canal de venda digital.

Abrir uma operação no e-commerce não é nenhum pouco uma tarefa simples, se prepare, pesquise, planeje e conte com uma boa agência que possa acompanhar e dar todo o suporte para que sua presença seja um sucesso e escale de acordo com as necessidades do seu negócio.

Conheça alguns cases da Netzee que já marcam presença digital com seus supermercados:

  • Supermercado Bandeiras (institucional): www.supermercadobandeiras.com.br
  • COCIPA – Cooperativa de Consumo de Inúbia Paulista (e-commerce/institucional): www.cocipa.com
  • Rede Kawakami (institucional): www.kawakami.com.br

 

Comente, sugira e participe: