E-commerce Logística no E-commerce: como não cometer erros

Logística no E-commerce: como não cometer erros

Por Jaqueline Piva em 20 de novembro de 2018

O processo de logística dentro de um e-commerce é de extrema importância para ter um bom desempenho nas vendas. Por ser tratar do processo que leva o produto até o cliente, todo cuidado e profissionalismo é necessário.

Isso inclui a experiência do consumidor com a loja. O cálculo do frete, controle do estoque, planejamento, armazenamento dos produtos, empacotamento, todos esses passos são fundamentais para garantir a boa experiência.

Mas, apesar de toda essa importância a logística ainda é deixada de canto por alguns lojistas. Os motivos são algumas dificuldades encontradas para manter um processo de qualidade.

O valor da estocagem, transportadoras e todo o manuseio do produto dificulta entregar um bom serviço. Consequentemente afeta na entrega do produto, que no caso é a maior reclamação dos lojistas. O atraso nas entregas após o prazo deixa parte dos clientes insatisfeitos por terem problemas com o seu pedido.

 

Mas como prevenir esses erros?

O básico para evitar esse tipo de conflito é ter um controle de estoque bem gerenciado. Mas alguns pontos são importantes reforçar

 

Política de estoque

A política de estoque é a definição de ‘regras’ e critérios, como, o tempo entre o pedido e a entrega do produto no estoque, critérios para liquidações e promoções, rotatividade dos produtos.

 

Ferramentas de controle

Implantar uma ferramenta, um sistema que controle e faça a gestão do estoque garante um estoque mais organizado.

 

Relação de produtos

Faça uma relação de produtos sempre que puder, o essencial seria um inventário diário, mas dessa forma ele pode acabar virando um peso, por isso faça pelo menos semanalmente. Muitos erros podem ser evitados com essa prática. Ter um relatório dos produtos e pedidos evita que seja vendido produtos que não se encontram no estoque, erro gravíssimo. Evita também o acumulo de pedidos.

 

Contato com o fornecedor

Mantenha contato com o fornecedor e estejam alinhados quanto ao volume de pedidos. Estar alinhado com o fornecedor e ter os relatórios necessários fazem o estoque estar sempre equilibrado e menos vulneráveis a erros.

 

Queima de estoque

Dificilmente dentro de um estoque os produtos são valorizados com o passar do tempo. A queima de estoque é necessária quando o produto está perto de perder sua utilidade ou está chegando ao seu fim de vida.

Dedique um tempo também ao seu canal de vendas, para a queima de estoque eles precisam estar alinhados. Seja criativo e faça promoções para esses produtos, senão você acaba saindo no prejuízo.

 

Reduza esforço e tempo

Os custos como já dito é uma dificuldade encontrada por muitos lojistas, frete e empacotamento consomem uma boa parte do orçamento das lojas e o gerenciamento parte do tempo.

Uma proposta para otimizar esses contratempos é contratar alguma empresa que faça esse serviço de logística. A opção de terceirizar esse setor da empresa vem ganhando força e estão surgindo novos modelos de negócios de logísticas, novas soluções que prometem entregar maior satisfação ao cliente e tranquilidade aos donos das lojas.

 

Comente, sugira e participe: