E-commerce E-commerce automotivo cresce e ganha seu espaço online

E-commerce automotivo cresce e ganha seu espaço online

Por Jaqueline Piva em 19 de março de 2019

A internet vem revolucionando a forma de vender. E não há nada que você imagine que não há uma loja virtual para isso. E as vendas online chegaram também ao setor automotivo.

Em 2014, já se calculava que 93% dos compradores começaram suas compras com a experiência online. Em 2017 o mercado de peças e acessórios automotivos ganharam visibilidade no varejo online, e fechou o ano em 20 bilhões em movimentação financeira.

Segundo uma pesquisa “E-commerce Radar”, os consumidores da categoria automotiva pesquisam 23% a mais do que os outros segmentos no comércio online.

A possibilidade de navegação para consulta, o encaminhamento de pedidos, negociações, comparação de preço, catálogos, impulsionam as visitas. Já o que limita a venda propriamente dita, visto que o número de sites institucionais é maior do que as lojas virtuais, são os sistemas de pagamento e o receio que consumidores tem por parte de fornecimento de dados, já que se trata de uma transação de grande valor.

O segmento automotivo pode ter várias vertentes dentro do e-commerce, pode ser como uma loja virtual, das próprias fabricantes, o que ainda é pouco praticada, pode ser um website com o catálogo dos automóveis, com informações, e com opção de fazer um orçamento e receber propostas.

Ou então, um nicho que está em alta, é a venda e troca de veículos usados, que beneficia tanto os compradores, como os anunciantes. Isso sem contar com a migração das concessionárias físicas que passam a vender também online.

Além disso, as lojas de venda de peças e acessórios de automóveis se encontra em alta ano após anos. Nos relatórios Webshoppers 37º e 38° essa categoria ganha um espaço em relação a quantidade de faturamento.

Podemos ver que dentro do segmento automotivo pode existir diferentes nichos de alcance de um mesmo segmento. E esses nichos compõe o mercado como um todo, gerando faturamento e expandindo o mercado online para diferentes setores de lojas físicas.

Uma loja de peças de acessórios pode atender a diferentes tipos de veículos, além de solucionar o problema de muitas pessoas que possuem carro. A internet tem a possibilidade de permitir uma pesquisa mais profunda sobre as peças, e é nisso que está a grande vantagem, trazer para a sua loja logo essa pessoa que pesquisa para saber mais.  

Quais as vantagens em ter um e-commerce para o meu negócio automotivo?

As vantagens mais encontradas que caem no gosto dois consumidores desse meio, são a possibilidade de fazer pesquisas e ter informações mais profundas de fácil acesso e a praticidade em fechar negócios, até com maior possibilidade de fechar negócios bons.

Os sites que vendem carros usados e seminovos (predominante no e-commerce), dão vantagens aos clientes que tornam a compra facilitada e com menor risco de arrependimento, os processos demorados e cansativos como em alguns das concessionárias.

Em alguns desses canais, eles disponibilizam histórico completo sobre o carro, informações técnicas mais complexas e simples. A comparação se torna mais fácil ser feita online entre essas informações e carros de diferentes modelos e preços.

O filtro para encontrar o carro desejado também é uma vantagem e deixa tudo mais prático do que ter que visitar diversas lojas. A autonomia na escolha é um ponto forte e fraco para alguns clientes.

A falta de um vendedor, um intermediador nesse processo, pode deixar pessoas inseguras. Mas é possível encontrar no mercado, sites que possuem chat online, ou um consultor que pode atender por diferentes canais.

O que pode ser apontado como desvantagem em fechar em negociações online é não ver o produto, no caso o carro, pessoalmente. A falta desse contato visual, por muitas vezes desqualifica compras desse porte.

Porém existem sites onde você sabe mais sobre os produtos, tem todas a informações, e pode agendar um teste drive com o carro. Outra maneira de suprir essa necessidade, são as fotos.

Como trabalhar com automóveis sem fotos profissionais, bonitas visualmente? Principalmente carros usados onde a foto deve valoriza-los. As fotos têm o apelo visual para a venda do produto.

Conclusão

O setor automotivo tem muito a crescer ainda e se tornar uma potência de vendas na internet.

Novos formatos estão surgindo e melhorando o segmento. Um passo importante para as vendas e que promete chegar e melhorar a rentabilidade do negócio, será a personalização do produto.

As montadoras nesse contexto irão produzir carro sob demanda e na medida em que o cliente solicita. Essa personalização hoje existe, mas referente a peças e acessórios e não a montagem. Peças e acessórios é um outro nicho no qual muitos lojistas estão se dando bem.

Comente, sugira e participe: