Marketing Digital Como segmentar a minha lista de e-mail para automação

Como segmentar a minha lista de e-mail para automação

Por Jaqueline Piva em 20 de novembro de 2018

Um dos principais meios de manter e nutrir o contato com os leads, e uma forma de captura-los é através do e-mail marketing.

Esse formato de contato com os clientes dispensa a agressividade de vendas e está mais associado com nutrição do lead através de conteúdo relevante.

O e-mail marketing por muitas vezes foi visto como uma ferramenta sem poder, mas nos últimos anos sua aceitação entre os usuários aumentou.

A forma como desenvolver as estratégias de e-mail marketing é o que faz ou não os usuários serem adeptos aos e-mails, porque realmente é chato ficar recebendo e-mail todo dia de alguém querendo te vender algo. Mas se usado com moderação e com objetivos que não sejam te empurrar algo que você não está interessado, esse relacionamento pode crescer muito.

O e-mail pode ser usado para diferentes estratégias, como nutrir o lead de acordo com o funil de vendas, vender, usar como canal de comunicação, como canal para fazer pós-venda e fidelização, para disponibilizar conteúdo, de forma que todos sejam voltados pensado no engajamento do usuário com a loja, mas de formas diferentes.

 

Como segmentar minha lista de e-mails?

Ter uma lista de e-mail requer muito trabalho também, são landing pages, e-books, formulários, e estratégias para captação de e-mails e leads. Mas como segmentar essa lista de leads capturados para o envio de e-mail na hora certa e para a pessoa certa?

Para os leads receber e-mails segmentados, de acordo fiel a sua necessidade faz com que ele se sinta importante para a loja e a possibilidade de ele realizar a ação por você prevista é maior. A personalização dos e-mails ajudam diretamente no engajamento.

O primeiro passo para segmentar a lista de e-mail vem desde a captação. Neste momento deve ser definido o que você vai querer saber dos usuários, quais informações serão necessárias, para futuramente fazer a segmentação. Se você possui um blog e canais de captura é importante que ao coletar os dados o usuário esteja ciente de que permite o envio dos e-mails.

A segmentação está ligada com a automação porque uma depende e complementa a outra. Na automação também é possível segmentar o público dentre os caminhos que são decididos no fluxo.

 

Segmentação de e-mail marketing

 

Mas basicamente a lista pode ser segmentada a partir desses critérios:

 

Localização

Se a sua empresa atende territórios mais fechados ou mais abrangentes, você tem a oportunidade de segmentar por território. Seja de acordo com país, região, estado ou cidade.

É importante esse tipo de segmentação para empresas que prestam serviços ou vendem produtos para indeterminadas regiões. Se você tem uma loja de roupas e vende para o Brasil todo, você pode segmentar os e-mails utilizando o vocabulário específico de cada região, por exemplo.

 

Identificação sexual

Essa é a prática de segmentação mais usada no dia-a-dia de quem analisa seu público. É importante agrupar os gêneros, na verdade esse é uma das primeiras segmentações que fazem. Começar o e-mail com a identificação de gênero já atrai o olhar de quem recebe.

Mais relevante ainda é tratar o indivíduo da forma como eles próprios se identificam. Isso demonstra respeito, empatia e conexão entre a empresa e o receptor da mensagem.

 

Idade e data de aniversário

Nessa segmentação você pode fazer um e-mail com diferentes versões adequando cada uma com o público em questão de acordo com a idade. Caso seu produto tenha restrições de idade ou promoção restrita, essa informação ajuda a excluir leads desinteressados.

A data de aniversário permite uma segmentação exclusiva e faz o lead se sentir exclusivo. Não deixe de oferecer um presentinho, uma oferta e de desejar um feliz aniversário.

 

Segmentação de e-mail marketing

 

Compras anteriores

O histórico de compras dos seus clientes também é uma ótima forma de segmentar sua lista. Desse jeito é possível personalizar cada e-mail e não insistir em algo que talvez o cliente já tenha adquirido.

 

Interesse de compra

Empresas que trabalham com diversos produtos podem segmentar e colocar em seus formulários e páginas perguntas para saber quais são os interesses dos clientes. Assim eles não receberão e-mails dos quais não tem interesse. Esse tipo de segmentação evita muitas vezes o seu e-mail ser marcado como spam.

 

Frequência de compra

Analisar a frequência de compra dos clientes pode ser um jeito de você segmentar uma lista para envio de e-mails para oferecer novos produtos e ainda ajuda a você resolver o problema de não conseguir controlar isso, além de que você pode fazer promoções e dar recompensas para clientes ativos.

 

Abandono de carrinho

Reduzir e controlar o abandono de carrinhos é um grande desafio das lojas virtuais. Essa informação pode fazer você segmentar uma lista para disparar lembretes e promoções para quem abandonou um carrinho, e pode fazer com que eles realizem a compra.

 

Pós compra

Este momento é importante para a fidelização do cliente. Enviar e-mails para notificação do caminho do produto e agradecer pela compra pode conquistar o cliente para que ele se torne fiel a marca.

 

 

Comente, sugira e participe: