Marketing Digital Entenda como funciona o algoritmo no Facebook, Instagram e LinkedIn

Entenda como funciona o algoritmo no Facebook, Instagram e LinkedIn

Por Jaqueline Piva em 18 de junho de 2018

O algoritmo é uma sequência finita de instruções definidas que ajudam na execução de tarefas ou solução de problemas. É basicamente, em termos simples, uma receita a ser seguida. Inconscientemente executamos vários algoritmos no dia-a-dia.

Em celulares, computadores, calculadoras funcionam algoritmos. Eles são os passos-a-passos que descrevem as operações.

São compartilhados conteúdos no Facebook constantemente, mas como é a decisão de qual postagem vai aparecer no seu feed? Os algoritmos são responsáveis por essa classificação de importância que as redes sociais dão ao conteúdo. Esse rankeamento também leva em consideração o que é mais relevante para o usuário de acordo com as publicações com qual ele interage e as suas preferências.

 

Algoritmo do Facebook

O Facebook foi a primeira rede que pensou em criar algoritmos para categorizar os posts. Isso porque os números de publicações eram grandes e os usuários não viam metade, além das publicações se perderem com facilidade.

Com a mudança no comportamento do consumidor, o conteúdo criteriosamente passou a ser escolhido “a dedo” pelo usuário e o Facebook através do algoritmo atendeu essa necessidade para tornar as publicações relevantes.

Para destacar a relevância de uma postagem, o Facebook se atenta aos seguintes fatores:

Quem postou – é avaliado o nível de relacionamento entre o usuário e a pessoa ou marca. Já aconteceu de você stalkear alguém e em seguida ver publicações dessa pessoa? É exatamente isso que os algoritmos fazem. Ele leva em consideração a interação entre ambos. Quantas vezes foi pesquisado, a troca de mensagens e likes.

Quando postou – a temporalidade da postagem é levada em consideração, as mais recentes têm maior chance de aparecer.

O conteúdo – o algoritmo entende do que você gosta e traz para o seu feed. Ele leva em conta as pesquisa, com o que você interage, as páginas que visita. Se por exemplo, você assiste bastante vídeos, cada vez mais aparecerão vídeos e consequentemente menos textos.

Rede de amigos – o engajamento dos seus amigos na rede também influenciam no seu feed. Publicações nas quais eles interagem, tem maior possibilidade de aparecer para você.

Outras regras também podem te ajudar a entender como funciona o rakeamento de publicações:

Amigos e familiares – eles têm prioridades no seu feed. A ideia da rede social é a aproximação e interação, então amigos e familiares tem um espaço reservado.

Informação e entretenimento – o nível de informatividade de uma publicação é levado em conta, é seguindo a linha de notícias que você gosta de ver e elas farão parte da sua timeline. O mesmo acontece com o entretenimento, os vídeos ou artistas que você segue ou já curtiu irão compor o entretenimento do seu Facebook.

Veja nesse outro post as dicas de como anunciar no Facebook

 

Algoritmo do Instagram

O Instagram sempre foi uma questão em aberto em relação ao seu algoritmo. Há algum tempo ele parou de ter uma sequência de postagem por ordem cronológica, o que foi pauta para reclamações dos seguidores.

A rede social hoje é a segunda mais usada no Brasil, portanto fica em primeiro lugar quando o assunto é engajamento. Ela vem crescendo e caindo no gosto das marcas, e dos experts em marketing digital.

Mas como os algoritmos do Instagram organizam a ordem dos posts? São três fatores de extrema importância:

Suas preferências – o algoritmo funciona com o Machine Learning, então quem decide a ordem é o aprendizado da máquina. E isso é muto bom. Através da análise das suas curtidas, comentários e das publicações que você interage, o seu feed será personalizado para você, baseados nas suas interações. O aprendizado da máquina irá entender quais são seus interesses e irá montar um feed com que é mais relevante.

Tempo – por mais que pareça que o Instagram não está nem aí para a ordem cronológica, as postagens ainda seguem um ritmo das mais recentes para as mais antigas. Porém esse período mais recente para eles tem a ver com relevância. É seguido uma lógica temporal e o critério de novidade.

Proximidade – o grau de proximidade também é levado em consideração, o algoritmo reúne informações do seu engajamento e organiza o feed. Por isso, a maioria das fotos do seu amigo que você mais comenta ou curte aparece em primeiro.

Veja aqui como vender mais no Instagram

 

Algoritmo nas redes sociais

 

Algoritmo no LinkedIn

O LinkedIn é a maior rede social profissional do mundo. É um espaço onde as pessoas têm a possibilidade de crescer e as marcas pode engajar com as pessoas certas. Como o ambiente é disputado e cheio de conteúdo bom, o algoritmo tem de ser inteligente para definir relevância das postagens.

Para essa definição as postagens passam por 4 etapas:

Conteúdo avaliado – Após uma postagem feita, o algoritmo analisa e classifica o conteúdo em baixa qualidade, bom ou spam. Enquanto ele ainda está no ar.

Engajamento da postagem –  depois de classificado (os spans são tirados do ar) o conteúdo é analisado pelo seu engajamento. As postagens que tem um bom engajamento são classificadas como boas para o algoritmo.

Postagens virais – quando a postagem viraliza, ou seja, tem um número alto de comentários e likes, o algoritmo começa a fazer uma análise no perfil do usuário, ele checa o perfil e considera que não é fake.

Checagem manual – essa fase é a mais importante do algoritmo. Após passar por todas essas etapas com sucesso, a checagem é manual. O LinkedIn tenta entender as preferências do público e dar eles o melhor conteúdo, destacando aqueles que realmente importam. Nesse estágio os posts passam a ter maior tempo de vida e são divulgados com prioridade.

Essas etapas servem para o rankeamento de postagens, mas também existem outros fatores para a organização do feed:

– Perfil completo tem mais chances de ter o conteúdo avaliado:

– Posts de usuários que tem mais engajamento podem performar da melhor forma;

– Postagens que tem relação com o seu cargo ou sua empresa, serão direcionados para o seu feed.

Veja dicas de como ter sucesso no LinkedIn

Entender como funciona o algoritmo nas redes sociais possibilita que o conteúdo seja otimizado e esteja presente no feed de notícias dos seus seguidores. Esse é o primeiro passo para entender melhor como funciona o marketing digital e acertar na estratégia.

 

 

Comente, sugira e participe: