Dicas Cloud Computing: Conhecendo o conceito de nuvem!

Cloud Computing: Conhecendo o conceito de nuvem!

Por Bruno Ananias em 4 de julho de 2017

Definindo Cloud Computing: A computação como um serviço pela internet!

A computação em nuvem, muitas vezes referida como simplesmente “a nuvem”, é a entrega de recursos de computação sob demanda – tudo, desde aplicativos a data centers – através da internet em uma base de pagamento por uso.

Cloud computing é a capacidade de computação infinitamente disponível e flexível. A nuvem é tudo aquilo que fica por detrás da conexão. As preocupações com a largura de banda, espaço de armazenamento, poder de processamento, fiabilidade e segurança, são postas de parte. Basta uma ligação à nuvem, e as necessidades, em termos de tecnologias de informação, são satisfeitas.

Aplicativos de negócios estão se movendo para a nuvem. Não é apenas uma moda – a mudança de modelos de software tradicionais para a Internet cada vez mais vem ganhando força nos últimos 10 anos. No futuro, a próxima década da computação em nuvem promete novas formas de colaboração em todos os lugares, através de dispositivos móveis.

Características da Nuvem:

  • Recursos Elásticos – Escala para cima ou para baixo rapidamente e facilmente para atender a demanda
  • Serviço medido para que você apenas pague pelo que você usa
  • Self-service: todos os recursos de TI que você precisa com acesso self-service

 

Conheça os tipos de serviço de nuvem existentes!

 

Software como serviço (SaaS)

Aplicativos baseados em nuvem – ou software como serviço – são executados em computadores distantes “na nuvem” que são de propriedade e operados por outros e que se conectam aos computadores dos usuários via internet e, geralmente, um navegador da Web.

Os benefícios de SaaS

  • Você pode se inscrever e começar rapidamente a usar aplicativos empresariais inovadores
  • Apps e dados são acessíveis a partir de qualquer computador conectado
  • Nenhum dado é perdido se seu computador quebrar, como dados na nuvem
  • O serviço pode escalar dinamicamente as necessidades de uso

Com o SaaS, você não precisa mais comprar, instalar, atualizar e manter o software.

 

Plataforma como serviço (PaaS)

A plataforma como um serviço fornece um ambiente baseado em nuvem com tudo o que é necessário para suportar o ciclo de vida completo da construção e entrega de aplicativos baseados na web (nuvem) sem o custo e a complexidade de comprar e gerenciar o hardware, software, provisionamento e hospedagem subjacentes.

 

Os benefícios de PaaS

  • Desenvolva aplicativos e entre imediatamente no mercado
  • Implante novos aplicativos da web na nuvem em minutos
  • Reduzir a complexidade com o middleware como um serviço

 

Implante e migre aplicativos para nuvens públicas e privadas.

 

Infraestrutura como serviço (IaaS)

A infra-estrutura como um serviço fornece às empresas recursos de computação, incluindo servidores, redes, armazenamento e espaço do centro de dados em uma base de pagamento por uso.

 

Os benefícios de IaaS

  • Não é necessário investir em seu próprio hardware
  • Escalas de infra-estrutura sob demanda para suportar cargas de trabalho dinâmicas
  • Serviços flexíveis e inovadores disponíveis sob demanda

Mantenha-se em funcionamento com mais rapidez enquanto reduz os custos.

 

Nuvem pública

Nuvens públicas pertencem e são operadas por empresas que oferecem acesso rápido em uma rede pública a recursos computacionais acessíveis. Com os serviços de nuvem pública, os usuários não precisam comprar hardware, software ou infraestrutura de suporte, que é de propriedade e gerenciada pelos provedores.

Principais aspectos da nuvem pública

  • Aplicativos empresariais SaaS inovadores para aplicações que vão do gerenciamento de recursos do cliente (CRM) ao gerenciamento de transações e análise de dados
  • IaaS flexível e escalável para armazenamento e serviços de computação em pré-aviso
  • PaaS poderoso para ambientes de desenvolvimento e implantação de aplicativos baseados na nuvem

Flexibilidade para acessar os recursos que você precisa, quando você precisar deles.

Nuvem privada

Uma nuvem privada é uma infra-estrutura operada exclusivamente para uma única organização, seja administrada internamente ou por terceiros, e hospedada internamente ou externamente. As nuvens privadas podem tirar proveito das eficiências da nuvem, ao mesmo tempo em que proporcionam maior controle de recursos e direção clara de multi-arrendamento.

Principais aspectos da nuvem privada

  • Uma interface de autoatendimento controla os serviços, permitindo que a equipe de TI forneça, aloque e forneça recursos de TI on-demand rapidamente
  • Gerenciamento altamente automatizado de pools de recursos para tudo, desde capacidade de computação até armazenamento, análise e middleware.
  • Segurança e governança sofisticadas projetadas para os requisitos específicos de uma empresa

 

O nível adicional de segurança que você deseja com os benefícios da nuvem.

 

Nuvem híbrida

Uma nuvem híbrida usa uma base de nuvem privada combinada com a integração estratégica e uso de serviços públicos em nuvem. A realidade é que uma nuvem privada não pode existir isoladamente do resto dos recursos de TI de uma empresa e da nuvem pública. A maioria das empresas com nuvens privadas evoluirão para gerenciar cargas de trabalho em centros de dados, nuvens privadas e nuvens públicas, criando assim nuvens híbridas.

 

Principais aspectos da nuvem híbrida

  • Permite que as empresas mantenham as aplicações críticas e os dados sensíveis em um ambiente de data center tradicional ou em uma nuvem privada
  • Permite aproveitar os recursos da nuvem pública, como SaaS, para as mais recentes aplicações e IaaS, para recursos virtuais elásticos
  • Facilita a portabilidade de dados, aplicativos e serviços e mais opções para modelos de implantação

 

Liberdade para ter seus aplicativos, dados e serviços onde eles são mais eficazes e entregar valor mais rápido.

Comente, sugira e participe: