E-commerce Casa, Móveis e Decoração tem crescimento no e-commerce

Casa, Móveis e Decoração tem crescimento no e-commerce

Por Jaqueline Piva em 12 de fevereiro de 2019

Mais um segmento líder de vendas completa o nosso tour, os artigos para casa e decoração. Mediante o crescimento de vários segmentos no e-commerce, casa e decoração, veio ano a ano crescendo.

Segundo os relatórios Webshoppers, 37ª edição referente ao e-commerce 2017 e 38ª edição referente ao primeiro semestre de 2018, Casa e Decoração é o setor que tem destaque recorrente de crescimento, ano a ano.

Em 2017, em volume de pedidos o segmento ocupou o 4º lugar, em 2018 o 3º. Já quanto ao volume financeiro, ocupou o 5º lugar respectivamente. O que surpreende, é que nos dois relatórios, Casa e Decoração aparece em crescimento.

 

Webshoppers 2017 categorias em crescimento

 

Webshoppers 2018 categorias em crescimento

 

O segmento tem crescimento como em todos os outros setores, e é decorrente da mudança de comportamento do consumidor. A comodidade invade esse setor pelos mesmos motivos, a facilidade de comprar, escolher e pesquisar sem sair de casa, visto que a falta de tempo é presente no dia-a-dia de muitos consumidores.

Por ser uma segmentação de decoração, de talvez produtos que sejam de grande porte ou como grande novidade de personalização única, os sites de móveis ou acessórios para casa e decoração, são um e-commerce pouco mais consultivo, um ambiente de pesquisa. Nesses casos, chamados de websites institucionais.

Ainda existe a necessidade de sentir o material fisicamente, e por isso esse tipo de produto aparece muitas vezes como catálogo para os clientes. Nesse sentido, as lojas físicas e online se complementam quando o assunto é casa e decoração.

Muitas vezes a loja física assume um papel de experimentação daquilo que o cliente viu online, assim, podemos considerar as lojas virtuais como vitrines virtuais.

Outra vertente do segmento, são os marketplaces, que cresceram 21,09% em 2017, comparado ao ano anterior. Produtos de Casa e Decoração encontram no marketplace vantagens para vender. O público que compra nos marketplaces são bem variados e isso é vantagem para qualquer segmento. Muitas pessoas procuram por esses produtos nessas plataformas pela variedade também da quantidade de vendedores em um só lugar, a facilidade para comparar preços, visto que a consulta de modelos, é maior nesse segmento.

 

Dicas para você vender mais nesse segmento

Se você pensar em abrir um negócio no segmento ou já possui precisa ficar atento a alguns detalhes para que seu e-commerce não se iguale a todos os outros.

 

Seja original

Uma nova opção que vem ganhando força é a personalização e customização dos produtos, esse é um segmento que está ligado a estética e por isso os clientes buscam por aquilo que têm o seu estilo. A personalização da a ele o poder de escolher o que quiser.

Customização da cor, detalhes, desenhos, formatos, acabamentos, podem ser alternativas de customização que agradam o usuário.

 

Fotografia

Um dos aspectos mais importantes para o e-commerce de Casa e Decoração, é a questão das fotografias.

Uma decoração, por exemplo, precisa de boas fotos para que a pessoa visualize ela aplicada num ambiente, já que não é possível ver pessoalmente, as fotos precisam ser profissionais.

E não se trata de uma foto, é necessário ter a visão de vários ângulos. Essa é uma grande arma para conquistar o público e sair na frente de concorrentes.

 

Descrição do produto

Uma descrição completa é necessária independente do produto e traz mais eficiência pra qualquer e-commerce. Essa descrição parte do pressuposto de que não é possível ter contato com o produto pessoalmente, por isso deve ser bem detalhada.

Nos produtos para Casa e Decoração não é diferente, uma boa descrição faz o cliente ficar mais próximo do produto.

Informações como tamanho, medidas, benefícios do produto, composição, detalhes são importantes para que o cliente possa analisar o ambiente em que talvez o produto irá ocupar.

 

Conclusão

Tapetes, cortinas, papel de parede, utensílios domésticos, móveis para casa, acessórios de enfeites, decoração de ambientes. São muitos os produtos que podem ser vendidos dentro desse segmento. A Netzee em 2018 entregou três novos projetos no segmento de Casa e Decoração, sendo as lojas, Wpconnect e Fissare. E foram cinco pedidos de orçamento.

 

Comente, sugira e participe: